Fundecitrus estima 244,20 milhões de caixas de laranja

Valor representa queda de quase 2% em relação à previsão publicada em setembro

Redação*

laranjaA safra de laranja 2016/2017 do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo Mineiro foi reestimada em 244,20 milhões de caixas de 40,8 Kg. O dado é do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus). O valor representa uma redução de 1,9% em relação à reestimativa publicada em setembro, de 249,04 milhões de caixas e 0,6% comparado à estimativa inicial publicada em maio, que foi de 245,74 milhões de caixas.

De acordo com o Fundecitrus, a revisão para uma safra menor deve-se à adequação do fator de correção, que calcula os desvios de safra. Nesta última estimativa levou-se em consideração o manejo de HLB, que vem alterando a configuração dos pomares com a eliminação de árvores doentes e substituição por mudas sadias. Isto resultou na formação de subconjuntos de plantas mais novas com produtividade menor do que as do plantio original em um mesmo talhão. O impacto desses subconjuntos é significativo na safra atual que teve baixa produtividade, já que as plantas mais jovens tiveram menor pegamento dos frutos.

A taxa média de queda de frutos é de 13,73%, mantendo o valor abaixo do esperado inicialmente para a safra. Segundo o coordenador da Pesquisa de Estimativa de Safra (PES), Vinícius Trombim, o ritmo mais acelerado da colheita explica a diminuição da queda de frutos. “Até novembro, com base nos talhões monitorados pelo Fundecitrus, estima-se que 81% da produção tenham sido colhidos. Neste mesmo período no ano passado, o número era de 72%”.

*Com informações do Fundecitrus