Biodefensivos – um mundo ainda desconhecido pelos produtores

Em palestra para o Fórum Brasileiro de Biodefensivos, Alexandre de Sene Pinto, da BUG Agentes Biológicos, diz que mais da metade dos produtores não conhece a tecnologia

controle biologico credito bug“Precisamos divulgar o controle biológico como uma tecnologia e sair dessa conversa primária de quem come quem. O produtor tem dificuldade em usar os biodefensivos por falta de informação. Cinquenta e um por cento dos agricultores não sabe nem do que se trata”. O apelo é de Alexandre de Sene Pinto, consultor em manejo racional de pragas, da BUG Agentes Biológicos, durante o segundo dia do Fórum Brasileiro de Biodefensivos, promovido pela ABCBio (Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico), em São Paulo.

“Temos de chegar nos produtores tendo em mente o seguinte perfil – 80% dos produtores não tem o 1º grau completo, dizem não ter assistência técnica e a maioria tem idade superior a 45 anos, ou seja, são mais resistentes à mudança”, completou o consultor. O especialista ainda falou a respeito de uma quarta Revolução Agrícola ou Agricultura 4.0, em que todos os setores de produção estariam integrados (uso de aplicativos, drones, automatização etc). “O uso de biodefensivos se insere aqui”, disse.

Alexandre afirma também que hoje, a consciência ambiental do produtor em relação aos produtos de controle biológico é de apenas 2%. “Eles optam pelos biodefensivos quando há ineficácia dos agrotóxicos e dos transgênicos, como no caso da helicoverpa, por exemplo”, disse. Para quebrar paradigmas e conscientizar produtores e profissionais da cadeia, o consultor acredita em três ações: inclusão de tecnologia de aplicação de biodefensivos nos cursos Ciências Agrárias; treinamento intensivo de profissionais e investimento em pesquisas na área.

 

 

 

 

Pesquisador desenvolve bioinseticida a base de nematoides

Tecnologia direcionada à cana-de-açúcar, plantas ornamentais e cogumelos está pronta para ser comercializada

praga morta por nematoide

Praga presente em cana-de-açúcar morta por nematoides

Uma pesquisa iniciada em 2002 pelo engenheiro agrônomo e entomologista Luís Garrigós Leite, do Instituto Biológico, em parceria com a empresa Bio Controle e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) para o desenvolvimento de uma tecnologia para controle biológico de pragas a base de nematoides está pronta para lançamento comercial. “Este é um campo estudado há 30 anos fora; aqui isso só começou em 2000. Hoje não existe no mercado nenhum produto a base de nematoides”, disse o pesquisador.

Os nematoides são usados principalmente para o controle de pragas do solo, que atacam raízes, explica Leite. “Nosso foco são produtores de cana-de-açúcar, plantas ornamentais e de cogumelos, culturas que sofrem mais com essas pragas”, explica.

Segundo o pesquisador, as vantagens do uso de nematoides em relação aos inseticidas químicos refere-se a não indução de resistência aos insetos; a segurança para o ambiente, para trabalhadores rurais e consumidores; podem ser aplicados por equipamentos convencionais; há uma boa persistência no campo e maior eficiência. “O que queremos neste momento é chamar a atenção para esta nova tecnologia e despertar o interesse dos produtores frente a essas vantagens”, conta Leite.

De acordo com Leite, o estudo avançou mais no último ano quando estabeleceu parceria com Universidade dos Estados Unidos para o aperfeiçoamento do processo de produção in vitro dos nematoides, e assim, conseguir produção em larga escala. “Em relação a custos, o produto deve ser competitivo em relação aos que estão no mercado”, acredita o pesquisador. “Estamos estudando questões ligadas à aplicação do produto, que requer mão de obra qualificada”, finaliza.

ABCBio inaugura site sobre produtos biológicos de controle

controle biologico credito bugA partir dessa semana, a Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio) passou a disponibilizar em seu novo site informações técnicas, comerciais e de legislação da área de produtos biológicos para controle de pragas na agricultura.

Os interessados nesse setor encontrarão também no site o Programa de Conformidade criado pela ABCBio, que tem como objetivo garantir a legalidade e a eficácia agronômica dos produtos biológicos de controle.

Para ter acesso ao conteúdo, acesse www.abcbio.org.br